Pedro Santos Guerreiro, explica tudo no Expresso. E é isto.

“Gosta de poder. Gosta de negociar. Gosta de sobreviver. António Costa quer consumar o inexplicável e conseguir o impossível. Chegar a Belém e dizer a Cavaco: “Tome, este é o meu governo”. Um governo inevitavelmente instável liderado por um primeiro-ministro humilhantemente derrotado nas urnas. António gosta de acreditar. Gosta de delirar. Gosta de ter o que não lhe deram. “

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s