“O CDS não deixa de ter disponibilidade para qualquer ponderação que permita que haja uma maior correspondência entre a Constituição e o voto popular, nomeadamente removendo obstáculos que impeçam o Chefe de Estado de tomar decisões quando estamos perante situações não previstas como aquela que estamos hoje a viver”, afirmou ao Observador o porta-voz do partido, Filipe Lobo d’ Ávila, clarificando a posição do CDS sobre esta matéria, introduzida por Passos na quinta-feira à noite. 

Antes de se pedir uma revisão da Constituição, deve pedir-se na altura exacta e não agora. Passaram quatro anos de legislatura, e houve tempo de se a negociar com o PS e haveria maioria de dois terços para fazê-la.

Porque é que só se pensa nisto quando nos interessa?

E porque não agora fazê-la diminuindo o número de deputados e dos seus salários?

Era uma boa ideia.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s