Sai um adulto mal passado – Dulce Garcia

Existem dois tipos de adultos neste nosso admirável mundo novo: os AA e os AI. Os AA são Adultos-Adultos; os AI, Adultos Infantis. Infelizmente, anda aí uma invasão dos segundos.

Os AI não são fáceis de identificar a olho nu. Podem vestir-se como os Adultos a sério, têm emprego fixo, contas para pagar e relações estáveis, onde muitas vezes perpetuam o papel de filhos. Cuidados e protegidos, crêem ser eles os protectores. Também têm filhos e podem cumprir formalmente o papel de pais, mas, por baixo da patine de crescidos, surge, não raras vezes, a embirrenta criança que nunca deixaram de ser. Por mais amor que dediquem, as suas necessidades vêm sempre primeiro e, com mais frequência do que seria desejável, são por vezes os filhos a fazerem de pais deles. O lado infantil tolda a consciência e, portanto, se as coisas correm mal, o problema está com certeza nos outros. Se eles fazem tudo com as melhores intenções…

Os Adultos-Adultos têm as mesmas vidas a prestações, amores nem sempre felizes e criancinhas para aturar. Fazem porcaria sim senhora mas não têm por hábito apregoar regularmente as suas qualidades porque a maior parte do que fazem pelos outros, filhos, marido, amigos e até desconhecidos, é cumprida em silêncio e com a noção de que faz parte. Talvez a prova de que já se é AA seja mesmo essa: praticar o silêncio. E ter paciência para as birras dos outros. Tenham eles que idade tiverem.

Dulce Garcia, Sábado, 09 Maio 2016

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s