A vida de saltos altos / Paula Cosme Pinto

Num inquérito encomendado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública ao Instituto DataFolha, concluiu-se que um terço de população brasileira considera que a mulher vítima de violação é, de certa forma, responsável pelo ato. Em quase 4 mil entrevistas feitas a homens e mulheres, oriundos de mais de 200 municípios, um em cada três inquiridos afirmou concordar com seguinte frase: “A mulher que usa roupas provocativas não pode reclamar se for estuprada”. Já para 37% dos entrevistados, “mulheres que se dão ao respeito não são estupradas”. Tanto num caso como no outro, a opinião era partilhada por homens e mulheres, sem grandes diferenças percentuais em termos de género nas respostas dadas. O machismo, com tantas vezes aqui tenho dito, não é exclusivo aos homens, é transversal. Quanto a idades, esta opinião aumenta a partir dos 35 anos e acentua-se nos entrevistados mais idosos.

Artigo completo aqui.

Paula Cosme Pinto, Expresso, 23 Setembro 2016

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s